Untitled Document
Home | Exposições Individuais | Exposições Coletivas | Instalações | Trabalhos | Curriculo | Contato
Apresentação
Exposição - "Bosch Medieval: Bosch Contemporâneo"

Descritivo da obra:

"O que impressiona na obra de Bosch é sua profunda imaginação, criadora de seres fantásticos e monstruosos, quando não caricatos, representativos das diversas manifestações pecaminosas do homem, particularmente da luxúria e da gula. De sua obra "O jardim das delícias terrenas", selecionei a figura de um objeto ao fundo, alongado e afunilado, de onde saem pássaros como que se libertando de algum aprisionamento.”

"Neste sentido, minha obra quer expressar ao mesmo tempo a dificuldade de se alcançar a Deus e o paraíso, pela estreiteza da passagem, e a liberdade na escolha de decisões, pelo livre arbítrio."

(Vicencia Gonsales)


"A leitura de Bosch por Vicencia é uma leitura mais poética do que simbolista. O fraseado que ela extrai da retórica do mestre é quase musical, tal como se notas musicais evolassem de um instrumento de sopro. É assim que convém ler a sua transcrição tridimensional desse excerto da pintura de Bosch: pássaros ou notas musicais emergindo do funil-instrumento sonoro, para alçarem o céu, evadindo-se, unidade por unidade, da fonte comum de onde brotam continuamente."

Antonio Carlos Fortis (antropólogo)


Ficha Técnica:
Nome: “Revoada”
Técnica: objeto em metal.
Tamanho: 1,40m (corpo principal) + 1,20m (tirantes de aço).
Dimensões totais (aproximadas): 2,60 x 0,80 x 0,80 m
Obra de referência: pintura “O jardim das delícias terrenas” (Hieronymus Bosch - 1504)